27.3.09

Na próxima terça-feira 31 de Março pelas 22h25 o AXN apresenta o 100º episódio de C.S.I. Nova Iorque, um episódio intrigante e com diversas “estrelas” convidadas.

C.S.I. Nova Iorque chega ao episódio nº 100 com uma situação muito peculiar. A equipa enfrenta o caso mais bizarro com que alguma vez se deparou, quando aparecem 2 vítimas de um assassino com algo em comum: ambas se chamam Mac Taylor. O detective Mac Taylor e mais quinze pessoas com o mesmo nome terão que perceber qual é o motivo destes assassinatos antes que o homicida ataque de novo. Um episódio especial no qual desfilam ainda importantes actores convidados, como Julia Ormond (Sabrina, Lendas de Paixão) e Scott Wolf (Everwood, Adultos à Força), como ajudante do detective Mac Taylor. Também participam neste episódio os artistas musicais Chris Daughtry e Nelly.

 

O 100º episódio faz parte da 5ª temporada de C.S.I. Nova Iorque que o AXN estreou no passado mês de Fevereiro e na qual a "cidade que nunca dorme" parece tornar-se cada vez mais perigosa e onde poderemos descobrir cada vez mais detalhes da vida e da personalidade dos protagonistas da série. Os detectives nova-iorquinos, liderados por Gary Sinise no papel de Mack Taylor (Mac), estão prontos para resolver novos casos na "Big Apple", cidade multicultural e repleta de contrastes.

 

Gary Sinise, vencedor de um Emmy e de um Golden Globe por Forrest Gump e Truman, respectivamente, continua no papel de Mac Taylor, o "cérebro" da equipa forense que trabalha intensamente para proteger os cidadãos de Manhattan. Mac é um polícia absolutamente dedicado ao seu trabalho, que se concentra arduamente em cada um dos casos até o conseguir resolver. Nesta tarefa conta com a companhia da detective Stella Bonasera – Melina Kanakaredes –, uma profissional bem preparada e uma autêntica "todo-o-terreno". Ambos partilham a paixão pelo trabalho bem executado e lideram uma equipa de polícias especialistas em diversas áreas.

 

Da equipa fazem ainda parte Danny Messer (Carmine Giovinazzo), o Dr. Sheldon Hawkes (Hill Harper), o detective Don Flack (Eddie Cahill) e a detective Lindsay Monroe (Anna Belknap).

 

Estreia: Terça 31 de Março às 22h25

Emissão: Terças às 22h25

link do postPor Muito Mais, às 13:29  comentar

5.2.09

Eposódio 1  Temporada 5

Mac é finalmente encontrado mas ainda há incógnitas por resolver. Conheceremos Samantha, irmã do detective Flack, que tem uma inesperada conexão com o caso.

 

Fevereiro
Terça 10 às 22:26
Quarta 11 às 01:03
Quarta 11 às 17:00

No Canal AXN

 

“C.S.I.: Nova Iorque”, “franchising” da bem sucedida “C.S.I.: Crime Sob Investigação”, é uma série sobre investigadores forenses que usam a tecnologia mais sofisticada para descobrir provas e resolver crimes na Big Apple.
Mac Taylor, um detective dedicado e muito experiente, acredita que tudo está interligado e que todos têm uma história para contar. É um Marine condecorado que serviu o país na missão “Tempestade do Deserto” e perdeu a mulher nos atentados do 11 de Setembro.
Mac é um polícia absolutamente dedicado ao seu trabalho, que se concentra em cada caso até à sua resolução. Ele e a colega, Stella Bonasera, uma profissional bem preparada, viajada, órfã, que venceu na vida apesar de todos os obstáculos, partilham a paixão pelo trabalho. Stella, um autêntico “todo-o-terreno” dentro da sua profissão, tem o desejo de encontrar as respostas para os crimes violentos, devido, em grande parte, a certos aspectos do seu próprio passado.
Juntos lideram um grupo de polícias especializados da cidade que nunca dorme.
A equipa completa-se com Danny Messer, um investigador de Brooklyn atraente e com uma atormentada história familiar, seleccionado directamente por Mac para integrar a equipa, que tenta corresponder com o seu trabalho a essa honra e responsabilidade; Sheldon Hawkes é o médico legista, um técnico brilhante que abandona o laboratório para fazer trabalho de rua; e Don Flack, um detective de homicídios com um grande instinto e perspectiva médica forense, com uma longa tradição familiar nas forças policiais.
Os investigadores de “C.S.I.: Nova Iorque” podem ter procedimentos bem diferentes dos colegas de Las Vegas ou de Miami, mas são guiados pelos mesmos objectivos e determinação. Eles seguem as provas à medida que vão juntando as peças do “puzzle”, eliminando todas as dúvidas até à resolução dos casos.

link do postPor Muito Mais, às 01:43  comentar